O assalto a um frigorífico terminou em perseguição policial, tiroteio e morte na manhã de sábado, no Umbará. Dois indivíduos ocupando a motocicleta CG 125 placa AMS-1782, de Campo Largo, foram vistos fugindo do estabelecimento após o roubo e trocaram tiros com policiais do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), na Estrada do Ganchinho. Um dos suspeitos, o autônomo Jéferson André Guenze, 24 anos, morreu a caminho do Hospital do Trabalhador, enquanto o outro, mesmo baleado, fugiu a pé.

De acordo com o subtenente Eloir, do BPTran, a equipe fazia patrulhamento na região do Ganchinho, por volta das 11h, quando ouviu disparos de arma de fogo. ?Populares na rua nos avisaram do assalto ao frigorífico e apontaram a direção para onde os marginais correram?, relatou o policial. Segundo testemunhas, os indivíduos não conseguiram ligar a moto após o assalto e tiveram que fugir a pé, entrando em um matagal. ?Rapidamente avistamos os suspeitos. Nossa intenção era pegá-los vivos, mas infelizmente houve confronto. Eles atiraram e, no revide, um caiu com dois tiros no peito?, resumiu o subtenente. O outro indivíduo foi atingido por um disparo na perna, mas, de acordo com Eloir, conseguiu fugir.

Gravemente ferido, Jéferson ainda foi encaminhado pela polícia até o hospital, mas não resistiu e morreu a caminho do pronto-socorro. Com o suspeito, não foram encontrados documentos nem dinheiro. ?A pistola 765, usada no confronto, foi apreendida e encaminhada ao 8.º DP, contou o subtenente. O dinheiro do roubo, cerca de R$ 2 mil, não foi recuperado. Até ontem, o morto não havia sido identificado.