enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Espancado na cadeia morre no hospital

  • Por Carlos Simon

Espancado dentro do xadrez do 7.º Distrito Policial (Vila Hauer), um acusado de atentado violento ao pudor morreu sábado de manhã no Hospital Cajuru. Adevanir Ribeiro Catarina, 40 anos, não resistiu às agressões após quase um mês de internamento.

Preso em flagrante e apresentado à imprensa pela PM no dia 5 de fevereiro, Adevanir era acusado de obrigar uma mulher de 31 anos, com deficiência mental, a masturbá-lo. O fato, ocorrido na Rua Bruno Estrifica, Boqueirão, foi confirmado pelo detido na ocasião. Ele disse ainda que dias antes tentara fazer o mesmo com um garoto de cinco anos, que teria fugido. Oriundo de Santa Catarina, ele foi preso dias depois de chegar a Curitiba.

Em 4 de março, Adevanir levou uma surra dentro da carceragen do distrito e teve que ser levado por policiais ao hospital, onde ficou internado desde então. Ontem, investigadores de plantão no 7.º DP não informaram de que modo e por quem o preso foi espancado. O inquérito para apurar o fato já foi instaurado.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas