Três pessoas foram presas suspeitas de um latrocínio em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O crime ocorreu no dia 28 de abril deste ano e vitimou o sargento do Exército Luis Eduardo Silva Virgilio, 23 anos. As prisões foram realizadas na quinta-feira (19).

De acordo com o delegado Michel Teixeira, a vítima estava falando com a avó pelo telefone, na rua Deputado Arnaldo Busato, no bairro Afonso Pena, em São José dos Pinhais, quando os três suspeitos deram voz de assalto e atiraram nas costas do sargento. O trio fugiu sem levar nada.

Ainda segundo o delegado, apesar dos suspeitos não terem levado os pertences da vítima, a polícia conseguiu comprovar que eles estavam roubando celulares na região. Os aparelhos eram vendidos em grupos de redes sociais.

Luis Felipe Jede, 20 anos, Luis Eduardo Garcia, 21 anos, e Graziely Sergia Almeida, 20 anos vão responder por crime de latrocínio consumado e se condenados poderão pegar uma pena de 20 a 30 anos de prisão.