O condutor do caminhão estaria alcoolizado, segundo testemunhas.

Por pouco um churrasco em família não terminou em tragédia no final da tarde de ontem, em Colombo. Vinte pessoas estavam reunidas em uma casa, na Rua Miguel Piekarz, Jardim Ana Rosa, quando o caminhão Volvo placa BXJ-2625, conduzido por Daíres Lucas de Melo, 46 anos, se desgovernou, derrubou o muro e entrou na sala da moradia.

"Por pouco eu e minha irmã não estamos cobertas com um plástico preto agora", disse Ilda de Souza. Ela lembrou que estava conversando com sua irmã, Ivete Neves, em frente a moradia, enquanto os outros convidados estavam na churrasqueira. "Meu marido viu e nos empurrou", relatou a mulher ainda muito nervosa.

O vendedor Agnaldo de Oliveira Neves, disse que pouco antes da tragédia, seu Monza estava estacionado em frente da casa. "A sorte foi que vimos fumaça e peguei o carro para ver o que estava acontecendo. Caso contrário, também teria perdido o veículo", salientou.

De acordo com as testemunhas, o motorista do caminhão estava alcoolizado. "Ele não conseguia nem sair do veículo. Levou tudo que estava na frente e por pouco não matou ninguém", relatou Rodrigo Souza, que também estava no churrasco, e quase foi atropelado. O motorista foi retirado do local por policiais militares, que o levaram ao Instituto Médico Legal (IML), para fazer exame de dosagem alcoólica.