Foto: Alberto Melnechuky
 ?Betinho? foi cercado pelos bandidos.

Enquanto dois homens jogavam sinuca, tentando tirar a atenção das pessoas que estavam em um bar, na Rua Herbert Cutti, Guarituba, em Piraquara, outros dois entraram no estabelecimento e mataram a tiros Roberto Fernandes dos Santos, conhecido como ?Betinho?, 20 anos.

A dona do bar, Cláudia Almeida, disse que só depois entendeu que os quatro estavam mancomunados para assassinar o rapaz. Ela contou que a primeira dupla chegou e pediu algumas fichas para a mesa de sinuca. Em seguida, outros dois chegaram ao estabelecimento e pediram uma bebida. Enquanto Cláudia atendia ao pedido, os bandidos começaram a gritar, ordenando que todos ficassem de joelhos.

?Eles disseram que era o ?Betinho? que eles queriam. Minha filha, de 9 anos, me abraçou e começou a implorar para eles não me matarem?, disse Cláudia. Segundo ela, os atiradores acertaram o rapaz e, antes de fugir, atiraram na porta de aço, que dá acesso aos outros cômodos da casa, que é conjugada ao bar. No local estavam os três filhos de Cláudia.

Segundo o soldado Bertuzzi, do 17.º Batalhão de Polícia Militar, ?Betinho? trabalhava em um lavacar e era morador do Jardim Águas Claras, algumas quadras de onde foi morto.

O delegado Hertel Rehbein disse que todas as pessoa que estavam no bar serão identificadas e ouvidas, para que seja descoberto exatamente o que aconteceu. O delegado disse também que dificilmente essa execução não está relacionada ao tráfico de drogas.