Um policial à paisana baleado e dois suspeitos de cometer um assalto caídos na calçada. Minutos depois uma viatura da Polícia Militar chega para atender à ocorrência e um PM dispara um tiro contra os assaltantes que estavam no chão. A cena descrita acima é exibida em um vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta quarta-feira (22), gravado após uma troca de tiros entre um policial e dois bandidos ocorrida no fim da tarde de terça-feira (21) em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A atitude do PM flagrada pelas imagens chamou atenção e criou polêmica entre a população. Mas de acordo com informações da Polícia Militar, a ação do policial foi correta, efetuada com o objetivo de proteger as outras pessoas presentes no local.

“O 17º Batalhão esclarece que a Polícia Militar foi informada sobre um roubo na rua Gavião, bairro Capela Velha, em Araucária. Quando a equipe chegou encontrou um policial ferido na calçada. Nas proximidades estavam dois homens, um deitado ao chão e outro próximo a um carro. A equipe policial deu voz de abordagem, o policial fardado avaliou que um dos homens oferecia risco à equipe e à outras pessoas e disparou um tiro”, informou a Polícia Militar, em nota.

+ Leia mais: Suspeita de estupro em universidade de Curitiba é investigada pela polícia

Com os suspeitos, a PM apreendeu o dinheiro roubado do supermercado, o aparelho celular de um cliente do estabelecimento, uma pistola calibre 9mm, um carregador com capacidade para 15 munições e um revólver, com numeração suprimida e seis tiros deflagrados. A 2ª companhia do 17º Batalhão da Polícia Militar, responsável por Araucária, ainda suspeita que estes dois homens tenham participado de outros roubos recentes na região.

Fora de risco

O assalto ao supermercado de Araucária deixou o policial que reagiu à ação dos bandidos gravemente ferido, após ser baleado no abdômen, na coxa e no pé. Socorrido de helicóptero, ele foi encaminhado ao Hospital Municipal de Araucária, onde passou por uma cirurgia, ainda na noite de terça-feira. Nesta quarta-feira, segundo a PM, ele permanecia internado na UTI.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Já os dois suspeitos baleados foram atendidos por equipes do Samu e do Siate. Um deles foi levado ao Hospital do Rocio, e após receber alta nesta quarta-feira, foi encaminhado à Delegacia de Araucária. O outro homem, apesar de ter recebido tratamento no Hospital do Trabalhador,  morreu esta manhã.

Após assalto em loja de carros, suspeito é perseguido pelo Bope e morre em confronto na BR-376