enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Presa!

Após provocar a polícia nas redes sociais, golpista se dá mal e vai em cana

  • Por Lucas Sarzi
Suspeita de aplicar golpes, presa pela polícia. Foto: Divulgação/Polícia Civil
Suspeita de aplicar golpes, presa pela polícia. Foto: Divulgação/Polícia Civil

“Prendam-me se for capaz”, foi assim que uma mulher provocou a polícia e acabou em cana. Su Hellen Fernanda Campos Vigo, de 31 anos, é suspeita de estelionato e usava documentos falsos. Atendendo ao pedido feito por ela mesma, a polícia a prendeu na madrugada desta quarta-feira (13), no balneário Vila Nova, em Pontal do Paraná.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Conforme as investigações, no dia 28 de janeiro deste ano, 15 vítimas procuraram a Polícia Civil para denunciar o golpe realizado pela mulher. Através de um perfil falso em rede social, ela oferecia vagas de emprego fácil, com salário acima do mercado, no litoral do Estado. Logo após a prisão, outras oito vítimas procuraram a delegacia para denunciar o golpe.

A garantia para conseguir o emprego era o custeio de apostila de formação. Ela também pedia a Carteira de Trabalho da pessoa para o que dizia ser uma anotação, mas os empregos sequer existiam e o curso oferecido nunca aconteceu. Provocando a polícia, após saber das denúncias, Su Hellen Fernanda Campos Vigo chegou a fazer postagens nas redes sociais com sentimento de que continuaria livre. “Prendam-me se for capaz”, dizia ela em um dos posts, com a catedral de Maringá, no interior do Estado, ao fundo.

+ Leia mais: Abelhas e vespas ‘em fúria’ assustam moradores de Curitiba; aprenda a se proteger

“Ela estava anunciando vagas de emprego e as vítimas acreditaram nela, mandando mensagens. Ela respondia e dizia que precisava da carteira de trabalho e de certa quantia em dinheiro, entre R$ 100 e R$ 800, para adquirir apostilas para o curso de formação necessário para a vaga. Na sequência ela combinou de encontrar as pessoas e as pessoas perceberam que era um golpe, já que ela não apareceu. Su Hellen era bastante debochada e chegou a realizar postagens em redes sociais debochando da polícia”, explicou a delegada Ellen Victer Martins.

+ Leia mais: Tragédia anunciada: Acidente deixa dois feridos em “rua das pancadas”

Presa, Su Hellen Fernanda Campos Vigo foi encaminhada à delegacia de Matinhos, também no litoral do Paraná. Denúncias, que possam ajudar a polícia nas investigações, podem ser feitas pelo telefone (41) 3473-1823.

Antes de ir em cana, suspeita provocou a polícia nas redes sociais. Foto: Reprodução

Antes de ir em cana, suspeita provocou a polícia nas redes sociais. Foto: Reprodução

Carcereiros cobram ações urgentes para evitar surto de sarna em presídio

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

60 Comentários em "Após provocar a polícia nas redes sociais, golpista se dá mal e vai em cana"


Gilnei Machado
Gilnei Machado
2 meses 5 dias atrás

Vem logo, meteoro, acaba com esse chiqueiro porque a coisa tá feia!

PEDRO PRIMITIVO GIRARDI GIRARDI
PEDRO PRIMITIVO GIRARDI GIRARDI
2 meses 8 dias atrás

Eu Sempre Digo, Não Existe Almoço de Graça…Muita Esmola o Santo Desconfia. Alugue pelas Imobiliárias Que é Mais Seguro

RODRIGO PODEGURSKI
RODRIGO PODEGURSKI
2 meses 8 dias atrás

Caraiiio… Que troço mais bizarro!!! O capeta é mais jeitoso….

Galego
Galego
2 meses 8 dias atrás

Bicho feio!

Marcos Lopes
Marcos Lopes
2 meses 8 dias atrás

Ô mininu lindo!!

1 2 3 9
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas