Gean Ramos Nogueira Krewei da Silva, de 23 anos, suspeito de participar do roubo de um caminhão-tanque carregado com 30 mil litros de óleo diesel foi preso na manhã de terça-feira (5) em Mandirituba, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

De acordo com a polícia, o veículo teria sido abordado no dia 26 de agosto deste ano na Rodovia do Xisto, em Araucária, também na RMC, por indivíduos que estavam em duas caminhonetes. Um deles teria entrado no caminhão pela janela, obrigando a vítima a dirigir o veículo por aproximadamente três horas. Em um determinado momento, os indivíduos levaram o tanque carregado com o diesel e abandonaram o caminhão e o motorista, em Araucária.

 

Toda a ação criminosa foi gravada por uma câmera de segurança interna instalada no veículo. Material que contribuiu para identificar o suspeito. As investigações continuam com o intuito de identificar os demais envolvidos no crime, bem como os suspeitos de receptar o produto furtado.

+ Leia mais: Projeto de Moro ‘não dá certo’ na Região Metropolitana de Curitiba

“O Gean aparece claramente nas imagens. É ele com um bloqueador de sinal do caminhão e dirigindo. Mas já existe mais outros dois suspeitos de envolvimento no crime. Por isso, nós estamos divulgando as imagens, para que apareça alguma denúncia anônima que possa nos ajudar a chegar até eles”, disse o delegado da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC) Cássio Conceição.

O suspeito foi preso na Região Metropolitana de Curitiba. Foto: Divulgação/Polícia Civil.
O suspeito foi preso na Região Metropolitana de Curitiba. Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Ainda de acordo com o delegado, a quadrilha costuma agir nas rodovias, com planejamento. “O caminhão estava saindo da empresa. Assim que andou um tempo, foi abordado pelos três marginais. Eles agem principalmente nas estradas”.

+ Leia ainda: Concurso pra Câmara de Curitiba tem 37 vagas e salário de até R$ 8,6 mil

A polícia diz ter informações sobre quem recebeu a carga, já que o veículo foi encontrado apenas com 20% da capacidade de carga. A quadrilha era violenta e usava armas de fogo. “Provavelmente, são duas pessoas. Mas não queremos atrapalhar as investigações. Pelas imagens, dá para ver o pânico do motorista por causa da ação dos criminosos”, disse Cássio Conceição.

 

Polícia encontra mais de mil caixas de cerveja roubadas em depósito de supermercado