São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, virou a pedra no sapato do programa de enfrentamento da criminalidade violenta ‘Em Frente Brasil‘, implantado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

Ela foi a única das cinco cidades escolhidas para o projeto-piloto que teve aumento no número de homicídios, merecendo uma citação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em seu Facebook. “Em São José dos Pinhais/PR, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o aumento aconteceu porque está em curso uma disputa no município entre facções criminosas, o que teria aumentado o número de mortes. De 10 passou para 14 no período mencionado [setembro e outubro, os dois primeiros meses do programa]”, escreveu na terça-feira (5). O projeto de Moro como um todo reduziu em 47% os casos de homicídio em quatro das cidades onde foi implantado.

As cidades escolhidas para o projeto, além de São José dos Pinhais, são Ananindeua (PA), no Norte, Paulista (PE), no Nordeste, Cariacica (ES), no Sudeste, e Goiânia (GO), no Centro-Oeste. O critério de seleção considerou a média de homicídios dolosos entre 2015 e 2017 além da situação fiscal do estado e do comprometimento das gestões nos estados e municípios para a adesão ao projeto.

Concurso pra Câmara de Curitiba tem 37 vagas e salário de até R$ 8,6 mil