enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Caso solucionado

Preso suspeito de atirar e matar jovem perto da Praça da Espanha

  • Por Alex Silveira
Foto: Atila Alberti/Tribuna do Paraná.

Foi preso em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, no dia 16 de abril, o jovem Raul dos Reis Domingues, 19 anos, suspeito de matar Welington Moreira Bueno, 21 anos, em uma confusão generalizada no Batel, perto da Praça da Espanha,  no início do ano. O crime aconteceu na madrugada do dia de 19 de janeiro, na Rua Coronel Dulcídio.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Raul Domingues é suspeito de efetuar disparos de arma de fogo contra a vítima, a mando de Bruno Eduardo Tavares Freitas, o “Bruninho”, de 21 anos, que já havia sido preso cerca de uma semana depois do homicídio. Os dois aparecem juntos nas imagens do momento do crime. A polícia acredita que a motivação dos autores era vingança.

Escondido

Segundo a delegada Tathiana Guzella, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba, o suspeito foi preso no bairro Chapada, em uma ação da Polícia Militar (PM). “Ele estava escondido na caçamba de um veículo modelo Fiat Fiorino. Quando a PM fez a abordagem e checou os documentos, apareceu o mandado de prisão preventiva em aberto”, disse a delegada.

Ainda de acordo com a Tathiana Guzella, a prisão estava em aberto desde a época do crime, mas Raul Domingues estava foragido de Curitiba. “Foram feitas, inclusive, campanhas em busca do suspeito no Litoral, por haver informações de que ele poderia estar por lá, entre outras tentativas de prendê-lo. Até que se obteve sucesso”, relatou.

+ Leia maisPolícia apreende cobra de 6 metros na Grande Curitiba e dono se emociona ao se despedir do animal

Vingança

Bruninho (de preto) foi flagrado por câmeras de segurança da região, no dia do crime, junto com o atirador, ainda não localizado. Foto: Reprodução

Bruninho (de preto) foi flagrado por câmeras de segurança da região, no dia do crime, junto com o atirador, ainda não localizado. Foto: Reprodução

Raul Domingues é quem aparece nas imagens disparando a arma que matou Welington. Ele teria feito isso a mando de Bruninho, no entanto, o depoimento de Raul ainda deverá ser colhido. “Há detalhes que precisam ser esclarecidos, como o que o motivou a acatar o pedido de Bruno e se ele mantinha alguma relação com a vítima. Mas vale ressaltar que esse é mais um caso solucionado”, afirmou a delegada.

+ Leia também: Ganhadora da Mega Sena é agredida e denuncia racismo após confusão em condomínio de luxo na CIC

Conforme apurado, segundo a Polícia Civil, Bruno teria se desentendido com o Welington Freitas ainda no mês de dezembro, dias antes do fato e, a princípio, o crime teria sido motivado por vingança. A dupla está presa e os dois devem responder por homicídio qualificado. A pena nestes casos varia de 12 a 30 anos de prisão. Raul Domingues não possuía antecedentes criminais. Já Bruninho tinha passagens por porte ilegal de arma de fogo, furto e violação de domicílio.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Megaoperação tem 550 policiais nas ruas para cumprimento de 88 mandados

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

4 Comentários em "Preso suspeito de atirar e matar jovem perto da Praça da Espanha"


Robi Center
Robi Center
29 dias 20 horas atrás

Isso nao Vale o que come.
Desgraça desta vai comer com nosso dinheiro.

Cid Pest
Cid Pest
29 dias 12 horas atrás

Melhor, não vale o que defeca.

Ciências  Médicas
Ciências Médicas
29 dias 22 horas atrás

So 30 anos ? É por isso que a violência cresce… deveria ser 60 anos de prisão…

Mário
Mário
29 dias 18 horas atrás

Deveria ser mandado para a cadeira elétrica
15 anos sendo sustentado pelo estado

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas