Mais uma ação de bandidos no transporte público foi registrada, dessa vez em Curitiba. O assalto, que se tratou de um arrastão, aconteceu por volta das 7h desta terça-feira (26), na Rua João Golin, no bairro Butiatuvinha. Depois de renderem motorista, cobrador e passageiros, dois, dos três assaltantes, teriam sido presos conforme o Sindicato dos Motoristas e Cobradores (Sindimoc).

O roubo foi num coletivo da linha Ouro Verde. Os três assaltantes entraram no ônibus como se fossem passageiros, mas logo deram voz de assalto e mostraram que estavam armados com facas.

Enquanto um deles ficou com a faca apontada para o motorista, os outros dois fizeram a limpa no interior do ônibus e pegaram o que puderam. O trio já fugia quando equipes da Polícia Militar (PM) foram acionadas e prenderam dois deles, um enquanto pulava numa casa para se esconder.

A dupla com 19 e 32 anos, foi encaminhada à Central de Flagrantes, no Centro de Curitiba. Com eles foram encontradas duas facas, um celular e R$ 132,70 em dinheiro. Na delegacia, os policiais ainda descobriram que um deles tinha um mandado de prisão em aberto. A PM fez buscas pelo outro suspeito, mas ele não foi encontrado.

Ações coordenadas

Depois da quantidade de ocorrências envolvendo ações dos bandidos no transporte público, que acabou com a morte de uma passageira neste final de semana, o secretário da segurança, Wagner Mesquita, convocou uma reunião, na sede da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp), com representantes das polícias, da prefeitura de Curitiba, da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e do Sindimoc para debater ações coordenadas contra furtos e roubos em ônibus.