Foi enterrado na manhã desta segunda-feira (16) em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, o policial militar Edson Luiz Cordeiro Borges, morto durante uma troca de tiros com assaltantes em uma loja de departamentos na noite do último sábado (14), no mesmo município.

De acordo com informações do Meio Dia Paraná da RPC, o velório do policial aconteceu na Câmara Municipal de Piraquara, com a presença de centenas de policiais militares e pessoas da comunidade, que estavam bastante emocionadas.

Policiais e pessoas que moram em Piraquara lotaram a Câmara da cidade durante o velório. Foto: Reprodução/RPC.

Da Câmara, o corpo seguiu em cortejo pelas ruas da cidade em um caminhão do Corpo de Bombeiros até o Cemitério Municipal Bom Jesus, também em Piraquara, onde foi feito o sepultamento e as últimas homenagens. O policial tinha 47 anos, três filhos e atuava na Patrulha Escolar e no policiamento comunitário.

+ Leia ainda: Especialistas em roubo de carros em Curitiba são presos pela polícia

A Delegacia de Piraquara abriu inquérito e investiga o caso. Um dos suspeitos de ter trocado tiros com o PM também foi baleado e está preso, com escolta, em um hospital. O outro envolvido no assalto ainda é procurado pela polícia.

Relembre o crime

O policial militar Edson Luiz Cordeiro Borges foi morto a tiros na noite de sábado (14). Borges estava em uma loja de departamentos na Avenida Presidente Getúlio Vargas, no Centro de Piraquara, quando dois indivíduos entraram no estabelecimento comercial dando voz de assalto. Além do cabo, mais quatro pessoas foram rendidas pelos assaltantes.

+ Leia ainda: Chuva derruba árvore imune ao corte em Curitiba. Previsão aponta mais água!

Imagens de câmeras de segurança mostram os ladrões recolhendo objetos da loja e quando estão deixando o local, são surpreendidos pela ação do cabo Borges, que estava de folga. Na troca de tiros, o policial foi baleado no pescoço e ombro. Socorrido pelo Siate, o cabo foi encaminhado ao Hospital Cajuru, em Curitiba, mas não resistiu e acabou morrendo.