Depois de 18 horas de muito trabalho, as Polícias Civil e Militar fizeram nesta manhã de terça-feira (1º), o balanço da ação que envolveu mais de 200 policiais contra uma quadrilha que assaltou a agência da Caixa Econômica Federal na Rua Odir Gomes da Rocha, no bairro Tatuquara, em Curitiba, nesta segunda-feira (30), e depois se esconderam em um matagal na região.

+Leia também: Polícia Federal cumpre mandados no Paraná. Foco são auditores fiscais!

Quatro assaltantes foram mortos em confrontos e cinco pessoas seguem detidas no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), por darem cobertura ao grupo. São duas mulheres e três homens que podem ter tido uma participação indireta no crime. “Foram recolhidos 2 revólveres 38, uma pistola 380, 2 espingardas 12, um malote de agência bancária com 40 mil reais e quatro veículos”, disse o tenente coronel Rui Noé Barroso.

+Leia também: Pedágio da BR-277 fica mais barato a partir desta terça, junto com outras praças

Foto: Hedeson Alves/Tribuna do Paraná.
Foto: Hedeson Alves/Tribuna do Paraná.

Foragidos

A investigação não vai parar, pois suspeita-se que mais gente esteve envolvida. “Não descartamos esta hipótese, pois era comentado da participação de oito pessoas. Isto será objeto de investigação e depoimentos dos presos”, relatou o Delegado Rodrigo Brown, do Cope.

Tão aguardada duplicação da Rodovia dos Minérios começa neste mês de outubro