enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Facadas!

Após crime, moradores flagram dupla saindo correndo de casa no Portão

  • Por Lucas Sarzi

Um homem de 56 anos foi morto com golpes de faca na madrugada desta quinta-feira (11) dentro da casa onde morava na Rua Engenheiro Niepce da Silva, no bairro Portão, em Curitiba. O crime aconteceu depois que ele recebeu dois amigos, que foram vistos saindo da residência. Para a polícia, essa dupla teria o assaltado e depois o matado.

Leia mais! Rapaz em estado grave após ser atropelado por ônibus no Centro. Motorista não percebeu!

Os vizinhos desconfiaram ao perceber a presença da dupla na casa. A Polícia Militar (PM) informou que os moradores viram que os dois homens tinham saído correndo do local e chamaram a polícia.

Quando a PM chegou, o homem foi encontrado caído, com cortes no pescoço. O socorro chegou até a ser acionado, mas os bombeiros nada puderam fazer. O nome da vítima, que teve o corpo recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML), não foi informado pela polícia.

Veja também! Táxi capota em acidente e trava rua em bairro de Curitiba!

Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi ao local e, segundo a polícia, câmeras de segurança registraram a ação dos assassinos. “Inclusive câmeras dentro do próprio imóvel, óbvio que essas imagens nós não vamos passar, mas tudo foi registrado é isso vai nos ajudar é muito nas investigações”, detalhou o delegado Luiz Alberto Cartaxo.

Tudo indica, pelo menos neste primeiro momento das investigações, que o crime se trata de roubo seguido morte, ou seja, latrocínio. Apesar disso, a polícia suspeita que a vítima conhecia os dois autores. “Um dos assassinos inclusive já tinha registro de outras entradas no mesmo apartamento em outras vezes, o que nos faz acreditar que, sim, eram pessoas conhecidas”.

A polícia já descobriu que a dupla chegou a pé e fugiu de bicicleta. “Portanto, para nós já ficou claro que levaram pelo menos as duas bicicletas, que foram usadas para fugir. Ainda estamos checando, com familiares, outros objetos que também podem ter sido levados”, explicou o delegado.

Crime parecido

O assassinato registrado no bairro Portão é semelhante ao que o cabeleireiro José Carlos de Oliveira Neto, de 57 anos, foi vítima na semana passada, no apartamento em que morava no Centro de Curitiba. José foi encontrado morto com indícios de tortura dentro de um armário do imóvel. Três pessoas foram identificadas como suspeitas do crime, que, segundo a DHPP, foi um latrocínio (roubo seguido de morte).

Avô arquiteta com empresa de ônibus e consegue realizar sonho do neto em Curitiba!

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

4 Comentários em "Após crime, moradores flagram dupla saindo correndo de casa no Portão"


Adriovaldo Silva
Adriovaldo Silva
10 dias 12 horas atrás

kd o Letho 280, ex-marclawyer 1970, também conhecido como “Marcelo advogado”, o cara!!!!!!

Walter Silvério
Walter Silvério
11 dias 7 horas atrás

“Um homem de 56 anos foi morto dentro DA CASA onde morava”… “Um dos assassinos inclusive já tinha registro de outras entradas no mesmo APARTAMENTO”… “os moradores viram que os dois homens tinham SAÍDO CORRENDO”… “A polícia já descobriu que a dupla chegou a pé e FUGIU DE BICICLETA”…

Walter Silvério
Walter Silvério
11 dias 7 horas atrás

Afinal de contas, era casa? Era apartamento? Os bandidos fugiram a pé? Fugiram de bicicleta?
O estagiário que redige esses textos tem que prestar mais atenção no que escreve!

daniel carvalho
daniel carvalho
11 dias 12 horas atrás

Isso que dá fazer amizade com “zé droguinhas” , aí o cara chama os maconheiros ir em casa fumar “unzinho”, aí os caras veem várias coisas pra roubar e aproveitam o momento pra roubar…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas