enkontra.com
Fechar busca

Segurança

29 escaparam!

Agente de cadeia é preso em carro de luxo suspeito de facilitar fuga cinematográfica

  • Por Lucas Sarzi

Um agente de cadeia, Adriano de Souza Lizardo, 39 anos, foi preso suspeito de facilitar e também fornecer informações para a fuga que acabou com 29 presos nas ruas (quatro deles já foram recapturados) na madrugada desta terça-feira (11). Além dele, também foram presos, na tarde desta quarta-feira (12), Alexandre Tadeu Pamplona, de 40, a esposa dele, Bianca Mattos Silva Franca, de 21, e Lucas de Souza Guilherme, 23 anos, suspeitos de integrar o grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC).

Segundo a Polícia Civil, os quatro, tanto o agente de cadeia como também os outros três presos, pertencem ao grupo criminoso e foram presas em uma residência da Rua José de Alencar, no bairro Vargem Grande, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). As prisões foram possíveis depois que as investigações sobre a fuga e recaptura dos fugitivos da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP I), apontaram para essas pessoas.

A informação inicial que os policiais receberam era a de que na casa havia algumas pessoas com envolvimento não só com o PCC, mas também com a fuga dos presos da PEP I. “Estávamos no local quando o agente de cadeia chegou num Porsche e, ao ser abordado, se apresentou como tal. Estranhamos e com ele encontramos documentos falsos e também uma arma irregular”, contou o delegado Rodrigo Brown. Veja a entrevista completa:

+Leia mais! Engarrafamento de biarticulados complica a via de passageiros no Portão!

Apreensões

Dentro da casa, os policiais ainda encontraram outras provas da participação do grupo no arrebatamento em Piraquara. “Encontramos cadernos com anotações e também documentos de uma Blazer que foi encontrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) abandonada próximo à penitenciária”, disse o delegado.

Porsche estava com o agente de cadeia. Foto: Gerson Klaina.

Porsche estava com o agente de cadeia. Foto: Gerson Klaina.

A caminhonete, conforme informou a Polícia Civil, foi flagrada por câmeras de segurança enchendo galões em um posto de combustíveis. “A suspeita é que essa gasolina tenha sido usada pelos bandidos para atear fogos nos carros e caminhões que trancaram as vias de acesso da penitenciária no dia da fuga”, completou Rodrigo Brown.

Além do Porsche Cayenne, que vale mais de R$ 100 mil, os policiais também apreenderam outros cinco carros, um deles (um Ônix) com alerta de roubo. Também foram encontrados 550g de cocaína, 60 gramas de maconha e 2,3 quilos de crack.

Alguns equipamentos, como quatro notebooks, foram apreendidos para que sejam vasculhados pela polícia. Os policiais também encontraram um colete balístico, balança de precisão, uma pistola 380 irregular e muitos cadernos e documentos com anotações referentes ao tráfico de drogas e associação criminosa.

+Leia mais! Confira as fotos e nomes dos presos que escaparam da PEP 1

Trabalho continua

A polícia continua as investigações buscando não só recapturar os fugitivos da penitenciária, mas também desmantelar o grupo criminoso que participou de toda essa ação. O agente, conforme informou o delegado, trabalha na Penitenciária de Piraquara e é suspeito de favorecer e fornecer informações que beneficiaram a ação dos bandidos na fuga dos presos.

“Por enquanto essa é uma primeira resposta ao crime, agora com todo o material apreendido vamos apurar melhor o papel de cada um. Mas com certeza ele ajudou por ter acesso ao funcionamento da unidade prisional, repassou informações sigilosas para a execução do crime”, considerou o delegado.

Foto: Gerson Klaina.

Foto: Gerson Klaina.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

BMW ‘decola’ ao se envolver em acidente em Curitiba; assista!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Agente de cadeia é preso em carro de luxo suspeito de facilitar fuga cinematográfica"


Marcio JSL
Marcio JSL
10 dias 21 horas atrás

Em uma realidade hipotética, os presos já estão de macacão alaranjado, tipo aqueles do estado islâmico, não seria uma boa fazer uma filmagem igual do Estado islâmico, coloque todos eles em um carro e em seguida dispare um lança foguete, desculp me foi um sonho.

Kevin Mamar
Kevin Mamar
11 dias 2 horas atrás

Corrupção está em todos os setores da sociedade, em penitenciárias é algo bem comum, como tantos celulares, drogas e outras coisitas mais chegam lá dentro? A grande maioria desses agentes são corruptos, que esse larápio seja exonerado do serviço público.

Cláudio
Cláudio
11 dias 3 horas atrás

Até o salário do traidor/colaborador de bandido foi um dinheiro jogado fora.
Veja o custo de um simples policial mau caráter e traidor.
Imagine só o prejuízo causadobpor um político mau caráter?
Um apartamento com 50 milhões é só uma pequena parcela do prejuízo.
Corrupção breca o Brasil.

Cláudio
Cláudio
11 dias 3 horas atrás

O cara facilita a fuga.
Lá se vão várias viaturas atrás.
Mobilização inclusive envolvendo plantões.
Diligências, combustível.
Tramitação de papéis.
Veículos queimados.
Tudo isso tem um custo a mais para os bolsos. Sem contar se um desses fugitivos tomar uma bala na perseguição….

Juramir Mesquita
Juramir Mesquita
11 dias 4 horas atrás

Interessante as investigação do Beto Richa. Foi negociada a delação premiada com Toni Garcia em 2011, por que só agora ele foi preso? Não existe manobra política por trás disso, por algum se sentindo ameaçado nas Urnas?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas