Sandro Nascimento/Alep
Nove deputados serão indicados para compor CPI.

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Valdir Rossoni (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (08) a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará os pedágios no Estado.

Proposta pelo deputado Nelson Luersen (PDT), a CPI tinha sido arquivada por Rossoni, no dia 17 de junho, após sete parlamentares terem retirado suas assinaturas do requerimento, ficando apenas com 17, não atingindo o número mínimo exigido, que são 18 assinaturas.

Contudo, Luersen apresentou um requerimento à mesa diretora da casa alegando que o deputado Luiz Eduardo Cheida (PMDB) não poderia retirar a sua assinatura, já que atualmente ele ocupa o cargo de secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, estando licenciado do parlamento.

O presidente da Alep acatou o requerimento e pediu para que os partidos indiquem os nove membros que vão compor a CPI. Segundo a assessoria de imprensa da Alep, Rossoni quer agilidade no processo de instalação da Comissão e pretende que a mesma inicie os trabalhos antes do recesso parlamentar, que deverá ocorrer a partir do dia 18 de julho.

Luersen acredita que no máximo até o final da próxima semana a CPI será instalada. Questionado se pretende participar da Comissão, o deputado demonstrou interesse, “vontade eu tenho, mas preciso aguardar a decisão do meu partido”, disse o pedetista.