O governador do Paraná receberá um financiamento de R$ 817 milhões do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste). A confirmação foi recebida pelo governador Beto Richa (PSDB) em reunião com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, nesta quinta-feira (11).

Richa afirmou que o BNDES se comprometeu a comunicar oficialmente, nesta quarta-feira, a liberação do empréstimo ao Banco do Brasil. A instituição é responsável pela gestão financeira da operação, para que o valor seja depositado na conta do Governo do Paraná.

Reembolso

O secretário da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, que liderou as negociações com o BNDES, afirmou que do valor total do empréstimo, o governo estadual já aplicou cerca de R$ 420 milhões e pode ser reembolsado nesta quantia.

“Há o entendimento por parte do Banco do Brasil de que o Estado pode ser reembolsado porque realizou vários projetos incluídos no Proinveste com recursos próprios do Tesouro”, disse o secretário, que acompanhou Richa na reunião.

Aplicação

O Estado pediu o financiamento do Proinveste para obras melhorias na malha rodoviária estadual; capitalização do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e da Fomento Paraná, para financiar obras nos municípios; e investimentos na área de segurança pública.