Em telefonema de cerca de dez minutos, a presidente Dilma Rousseff parabenizou nesta segunda-feira o presidente do Equador, Rafael Correa, pela reeleição, no domingo (17). Correa foi eleito para o terceiro mandato, na segunda reeleição, no Equador.

Na conversa, Dilma afirmou que “a vitória de Correa representa uma vitória não apenas para a democracia no Equador, mas para toda a região”. Segundo a Secretaria de Comunicação (Secom) do Planalto, Dilma disse que a eleição de Correa demonstra “uma clara opção do país pelo desenvolvimento com justiça social”.

Rafael Correa, por sua vez, agradeceu o gesto de Dilma e disse “estar pronto para desenvolver ainda mais os laços entre os dois países”. No telefonema, que ocorreu por volta das 19h30, o presidente equatoriano convidou Dilma a visitar, “em breve”, o seu país. De acordo com a Secom, a presidente Dilma aceitou o convite e “buscará agendar a data mais propícia para os dois governos”.