enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Simpósio na capital aborda Uro-Oncologia

  • Por Guilherme Luís Voitch

Anualmente, 7 mil homens morrem de câncer de próstata no Brasil. No Paraná, a doença é a segunda causa de óbitos por neoplasia maligna, ficando atrás apenas de casos de câncer no pulmão. Para tratar desses e de outros temas, começa hoje, no Canal da Música, o 3.º Simpósio Internacional de Uro-Oncologia. O evento reúne as personalidades mais importantes do Brasil, Alemanha e EUA. O médico Marcelo Bendhack, do Hospital Nossa Senhora das Graças, mestre e doutor formado pela Universidade de Dusseldorf, na Alemanha, é o organizador do encontro. Segundo ele, o simpósio é inédito no Brasil pela maciça presença de médicos europeus. “Uma comitiva de mais de 120 pessoas vem assistir às palestras”, explica.

As principais discussões do simpósio devem girar em torno do câncer de próstata. “A redução de complicações pós-operatórias. As vantagens e desvantagens da cirurgia feita com auxílio do vídeo e a complementação do tratamento dos pacientes com medicamentos são os assuntos principiais que devem nortear o encontro”, diz Marcelo.

No caso de tumores de rim, as novidades ficam por conta dos tratamentos ablativos, como as cirurgia feitas com base na congelação do órgão e os resultados da nefrectomia parcial que consiste na retirada da parte lesionada do rim e não no rim inteiro. Os tumores de bexiga e de testículos também serão discutidos.

Destaques

Além de Marcelo, os médicos Manfred Wirth, da Alemanha, e Fernando Kim, dos EUA, são outros destaques do evento. Cada palestra terá duração máxima de 15 minutos para possibilitar maior discussão dos assuntos expostos em mesas-redondas.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas