É de Londrina o principal ganhador do programa Nota Paraná de outubro. O sorteio número 47 foi realizado nesta quinta-feira (10) e distribui cifras especiais, reservadas para os meses de maio, junho, agosto, outubro e dezembro. O consumidor, que participou com 49 bilhetes, vai embolsar R$ 200 mil. Já os prêmios de R$ 120 mil e R$ 80 mil serão embolsados por moradores de Curitiba, que têm mais do que a cidade em comum. Ambos concorreram com apenas seis notas fiscais.

+Leia também: Após ser cancelada, eleição para Conselho Tutelar em Curitiba ganha novo cronograma

Como de praxe, os vencedores não tiveram o nome publicado – eles serão conhecidos somente na cerimônia de entrega. Neste mês, o evento será dia 17, próxima quinta-feira, em Ubiratã, durante o Seminário de Educação Fiscal.

As notas fiscais concorrentes neste sorteio foram as de compras efetuadas em junho de 2019. No total, foram sorteados 250 mil prêmios – entre R$ 10 e R$ 200 mil -, totalizando R$ 3,1 milhões. Para saber se algum crédito extra vai cair na conta, os participantes do programa podem consultar o sistema para conferir se seus bilhetes estão entre os contemplados.

+ Leia mais: Pinhais abre inscrições para 181 vagas de PSS para a área de educação; salários chegam a R$ 3 mil

Ao todo, o programa conta com 2,7 milhões de perfis cadastrados, além de 174 mil estabelecimentos comerciais. Já retornaram por meio de créditos para os participantes R$ 1,6 bilhão desde a implantação da iniciativa.

Como participar

Para receber de volta o dinheiro do ICMS e participar dos sorteios, é necessário informar o CPF na hora da compra. A cada R$ 50 em compras o consumidor recebe um cupom (mas a primeira compra do mês gera um cupom, independentemente do valor). Depois, é necessário se cadastrar no site do Nota Paraná e clicar em autorizar a participação no sorteio. O programa permite também pedir a nota sem a identificação do documento e fazer a doação para uma entidade filantrópica.

Como resgatar o dinheiro

Desde fevereiro do ano passado, quem for resgatar créditos do programa Nota Paraná para conta bancária tem que pagar pelo serviço, no valor de R$ 1,72. A cobrança passa a valer a partir da segunda transferência feita pelo usuário no ano, seja pessoa física, jurídica ou entidades sem fins lucrativos cadastradas no programa.

+ Leia ainda: Dupla aplica golpe em loja de móveis de Curitiba, mas se dá mal; prejuízo poderia ser de R$ 100 mil!

Até janeiro de 2018, a taxa do serviço não era repassada ao consumidor. A exceção é o Banco do Brasil, por ser a instituição financeira oficial do estado. Neste caso, correntistas do Banco do Brasil não terão o desconto em qualquer solicitação de crédito.

Quer concorrer a uma bolsa de estudos integral para ensino técnico? Saiba como!