O Ministério Público do Paraná em Londrina apresentou ontem denúncia criminal por corrupção passiva contra um médico que cobrou por serviço oferecido no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a promotoria, em setembro deste ano, Edson Romualdo dos Santos solicitou a importância de R$ 500 de uma paciente por uma cirurgia no pulso, realizada pelo SUS, na Santa Casa de Londrina. Dois dias depois do procedimento ele foi preso em flagrante recebendo o montante. Santos ficou preso por 24 horas, tendo conseguido liberdade provisória.