O governador Roberto Requião lança nesta quinta-feira (25) o programa Paraná em Ação em Londrina. O mutirão pela cidadania, já levado em feiras agropecuárias em diversas regiões do Estado, terá em Londrina o reforço das ações do Dia da Bondade, que está na sua 12º edição e funciona através de uma parceria entre governos estadual e municipal e empresas.

A feira de serviços gratuitos do governo do Estado, coordenada pela Secretaria de Relações com a Comunidade, tem o objetivo de promover a cidadania e a inclusão social. O programa vai funcionar até sábado (28) no estacionamento do Super Muffato Tiradentes, das 9h às 18h, com uma estrutura formada por Secretarias de Estado, órgãos do governo federal, Poder Judiciário, Exército, Sesc, Senac, Sesi, Banco do Brasil e sociedade civil organizada.

Carteira de Identidade, registro de nascimento, CPF, reconhecimento de paternidade, habilitação para casamento, corte de cabelo, exames de saúde preventivos, inscrições em programas sociais, teatro e brincadeiras são alguns dos diversos de serviços que serão oferecidos gratuitamente à população mais pobre.

?O nosso objetivo é levar aos paranaenses informações sobre os projetos e serviços do governo e promover a inclusão social da população mais carente do Estado?, afirma o secretário Milton Buabssi.

Para o prefeito de Londrina, Nedson Luiz Micheletti, o Paraná em Ação coincide com a proposta da prefeitura de promover a cidadania. ?É um programa muito importante para a comunidade e nós vamos estar envolvidos, através da Secretaria de Assistência Social?, declara.

Doação

Assim como o Paraná em Ação, as atividades do Dia da Bondade prevêem um grande mutirão. Será uma festa para arrecadação de agasalhos, roupas, calçados, cobertores e comida que serão doados às famílias mais pobres antes da chegada do inverno.

A gerente administrativa do Provopar de Londrina explica que toda a arrecadação será organizada num barracão e repassada a instituições carentes do município e pessoas cadastradas nos Centros Regionais de Assistência Social (CRAS).

?Este dia é uma motivação para o trabalho voluntário e cerca de 300 pessoas estarão envolvidas?, conta. Em relação ao Paraná em Ação, ela afirma que é uma oportunidade que o Estado está oferecendo à população carente e as pessoas precisam aproveitar.

O gerente do Super Muffato Tiradentes, Valdeci dos Santos Galhardi, conta que é grande o interesse da população de Londrina em torno do mutirão. ?A expectativa do pessoal é muito grande. E isso é muito importante, pois o governo está saindo de dentro da sua casa para ir até a população?, declara.