Os esforços para conter o vazamento de petróleo no Golfo do México estão custando mais de US$ 6 milhões por dia, disse hoje a BP. A petroleira britânica planeja colocar hoje uma cúpula de aço especialmente designada para tampar o derramamento, que ocorre desde a explosão de uma plataforma no fim de abril.

No domingo, a BP lançou uma operação de perfuração com o objetivo de selar permanentemente o vazamento do poço localizado 3.960 metros abaixo do solo do oceano. Esses trabalhos devem durar três meses, segundo a empresa.

“Embora difícil de ser estimado com precisão, o custo para os proprietários do (bloco) MC252 dos esforços para conter o vazamento é atualmente calculado em mais de US$ 6 milhões por dia”, afirmou a empresa.

A BP alugou da Transocean a plataforma de petróleo Deepwater Horizon, que explodiu e afundou no mês passado. O acidente matou 11 funcionários. As informações são da Dow Jones.