As vendas a prazo no comércio de Curitiba, região metropolitana e litoral registraram queda de 22,19% em janeiro sobre o movimento de dezembro de 2008 e de 4,81% em relação ao mesmo mês de 2007, tomando por base o número de consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial do Paraná (ACP).

No Videocheque, cujas consultas sinalizam as vendas à vista, a queda foi ainda maior, de 27,39% no primeiro mês de 2009 sobre o mês anterior e de 4,40% sobre janeiro de 2008.

De acordo com a entidade, a queda de movimento do comércio no primeiro mês do ano é normal em relação a dezembro, e se explica pelo fato de o mês anterior, por causa do Natal, concentrar o maior volume de vendas, enquanto janeiro é um mês em que o consumo volta ao normal, além de um número significativo de consumidores estar em férias e ausente da cidade.

A inadimplência líquida em janeiro último foi de -0,60% ou 0,44 ponto percentual menor que a de dezembro e de 0,02 ponto percentual abaixo do índice de igual mês de 2008, enquanto a taxa líquida anualizada (de fevereiro de 2008 a janeiro de 2009) ficou em -0,12%, a mesma taxa do mês anterior. Para o cálculo deste índice, a ACP utiliza metodologia do Banco Central (BC).