Tóquio, 09/06/2013 – O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, continuou manifestando calma neste domingo, dia 9, sobre a recente volatilidade do mercado, reiterando a visão que havia defendido na semana passada de que indicadores econômicos mostram que o país está seguindo uma trajetória contínua de recuperação.

“É verdade que há pessoas que não sentem” a recuperação econômica sob a atual administração, afirmou Abe, em uma entrevista à rede de TV NHK. “Nós vamos continuar avançando com nossas políticas.”

Abe argumentou que a política de crescimento do governo ainda está em andamento e que irá revelar “reduções de impostos sobre investimento” no outono (do Hemisfério Norte), após as eleições para a Câmara dos Conselheiros, para estimular os gastos das empresas.

O líder do Partido Democrático do Japão, Banri Kaieda, que faz oposição ao governo, disse que as políticas de Abe são “hábeis em inflar expectativas”. Ele criticou as promessas do primeiro-ministro e disse que os comentários sobre os objetivos do governo, do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) ao aumento da renda familiar, são “enganosos”. “Nós sempre dissemos que um excesso de confiança em mercados de ações e moeda para sustentar o crescimento é arriscado”, afirmou Kaieda. Com as tendências baixistas do mercado, “gostaríamos de salientar esse ponto mais uma vez”, acrescentou. Fonte: Dow Jones Newswires.