A receita nominal dos serviços registrou crescimento em todas as unidades da Federação em setembro, na comparação com setembro de 2012, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Amapá teve a menor expansão, com crescimento de apenas 1,3%, seguido por Roraima (3,4%) e Sergipe (5,4%). As maiores altas foram registradas no Mato Grosso (19,8%), Distrito Federal (19,4%) e Tocantins (18,7%). Na Paraíba, o aumento foi de 16,4%, enquanto a expansão em Santa Catarina foi de 14,6%.