Os presidentes dos bancos centrais devem “monitorar de perto” os fluxos de capital globais, pois eles podem ser fonte de instabilidade, particularmente para economias emergentes, afirmou hoje o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet. Falando como líder do Encontro Global de Economia, Trichet disse que os presidentes de bancos centrais reunidos ontem e hoje em Basileia, na Suíça, não discutiram soluções específicas sobre como regular melhor os fluxos de capital.

“Os fluxos de entrada de capital são uma questão pertinente em nível global”, disse Trichet. “Em países emergentes, nós temos a informação de que há fluxos de entrada de capital de curto prazo. Isso é explicado pelo forte crescimento, mas algumas vezes é um motivo de preocupação”, acrescentou.

Trichet observou que a economia global tem apresentado desempenho melhor que o esperado. No entanto, a autoridade alertou que o aumento da inflação se tornou uma ameaça para algumas economias emergentes, em meio à forte alta dos preços de alimentos e energia. As informações são da Dow Jones.