Os exportadores brasileiros de móveis compensaram as perdas que tiveram na Argentina ampliando as vendas para os Estados Unidos. Enquanto as exportações brasileiras para a Argentina despencaram de US$ 35 milhões no primeiro semestre de 2001 para US$ 3,5 milhões em igual período deste ano, uma queda de 90%, os negócios com os Estados Unidos cresceram de US$ 70,5 milhões para US$ 106,9 milhões, uma expansão de 51,6%. Os Estados Unidos tornaram-se o principal alvo das exportações brasileiras de móveis, disse o diretor executivo da Abimóvel, Pedro Paulo Pamplona. Também segundo Pamplona, o maior concorrente do Brasil é o Chile, em função da baixa remuneração da mão-de-obra. Fonte: Gazeta Mercantil, 13/08/2002.

O ritmo de novas plantações florestais, em âmbito mundial, é da ordem de 4,5 milhões de hectares / ano, sendo que as mesmas se encontram, em sua maior parte, na Ásia e América do Sul. Dos 187 milhões de hectares de plantações estimados em todo o mundo, a Ásia conta com 62%. Os gêneros plantados predominantes no mundo são o Pinus, representando 20% e o Eucalyptus com 10%.

Os países que possuem maior porcentagem de área com plantações florestais são: i)China: 24%; ii)Índia: 18%; iii)Rússia: 9%; iv)Estados Unidos: 9%; v)Japão: 6%; vi)Indonésia: 5%; vii)Brasil: 3%; viii)Tailândia: 3%; ix)Ucrânia: 2% e; x)Irã: 1%. Esses países, juntos, representam 80% da área mundial de plantações florestais. Fonte: FAO, 2002.