São Paulo – A Embraer informou ontem que a Virgin Blue confirmou três opções de jatos 170 e direitos de compra para outros três aviões 190. Dessa forma, a empresa aérea australiana aumenta sua carteira de pedidos firmes para 20 aviões.

As aeronaves 170 da Virgin Blue serão configuradas com 78 assentos em classe única e o início das entregas está previsto para o segundo semestre de 2007. O preço de lista do jato é de US$ 29 milhões. Já os Embraer 190 serão configurados com 104 assentos, também em classe única. Os modelos têm preço de lista de US$ 34,5 milhões.

Em 31 de dezembro de 2006, a carteira de pedidos da família 170/190 totalizava 619 ordens firmes e 568 opções, com 209 jatos operando nas cores de 20 empresas aéreas em 16 países em todo o mundo.

Sediada em Brisbane, a Virgin Blue é uma empresa aérea australiana de baixo custo. Criada em 2000, a empresa tem atualmente participação de 30% no mercado doméstico e aproximadamente 4 mil empregados. A companhia e suas afiliadas, a Pacific Blue e a Polynesian Blue, operam atualmente uma frota de 53 aeronaves para 23 destinos domésticos, incluindo todas as capitais de Estado e territórios australianos, e oito internacionais, entre os quais Nova Zelândia, Vanuatu, Ilhas Cook, Fiji, Tonga e Samoa.