O secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Freitas Barreto, informou nesta segunda-feira, 22, que as desonerações tributárias anunciadas pelo governo somam R$ 35,103 bilhões no primeiro semestre de 2013, ante R$ 19,977 bilhões em igual período do ano passado, um aumento de 75,7% no período.

O valor inclui folha de salários (R$ 1,016 bilhão em 2012 e R$ 6,953 bilhões em 2013); IPI (R$ 2,695 bilhões em 2012 e R$ 6,207 bilhões em 2013); Cide-combustível (R$ 2,852 bilhões em 2012 e R$ 5,380 bilhões em 2013); IOF crédito para pessoa física (R$ 677 milhões em 2012 e R$ 1,797 bilhão em 2013) e outros (R$ 12,737 bilhões em 2012 e R$ 14,766 bilhões em 2013).

Ainda assim, ele afirmou que a instituição mantém a previsão de crescimento real da arrecadação de 3% a 3,5% para 2013.

Barreto não comentou a possibilidade de mudança na projeção por conta da revisão do Orçamento e dos novos parâmetros econômicos que serão divulgados ainda nesta segunda-feira.