Ficou para hoje (12) a decisão sobre o futuro da Varig. O juiz Luiz Roberto Ayoub, da 8ª Vara Empresarial do Rio, responsável pelo processo de recuperação judicial da companhia aérea, deu prazo até às 14 horas para que o consórcio NV Participações, vencedor do leilão de ativos da companhia, realizado na última quinta-feira (8), dê esclarecimentos sobre alguns pontos ainda obscuros da proposta. A empresa, que representa a entidade Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), foi a única a apresentar proposta para a compra da Varig Operações, no valor de R$ 1,010 bilhão.