A Prefeitura está promovendo nesta semana um mutirão de limpeza e de manutenção na Vila Torres. A ação é conjunta e envolve quatro secretarias da administração municipal. Os trabalhos iniciaram na terça-feira (12/12) com limpeza, drenagem e desassoreamento do Rio Belém, no trecho entre a Rua Brasílio Itiberê e a Pontifícia Universidade Católica (PUC). Também foram feitas roçadas, aplicação de tapa-buraco e retirada de caliças e entulho de toda a Vila, com auxílio de uma retroescavadeira.

“Há muito tempo não se faz um trabalho completo de limpeza nesta região, com roçada, coleta de caliça e limpeza do rio, por exemplo. Queremos deixar tudo limpo e organizado quando fomos embora de lá”, afirma o administrador regional da Matriz, José Dirceu de Matos. Também participam do mutirão as secretarias municipais de Obras Públicas (Smop), o Meio Ambiente e a Setran.

Leia mais: PM é preso por atirar em morador de rua na capital

Para a secretária municipal do Meio Ambiente de Curitiba, Marilza Dias, estes mutirões são muito importantes para a cidade. “Este tipo de ação é fundamental para a recuperação e limpeza da cidade como um todo, um trabalho que estamos retomando desde o início do ano, conforme as diretrizes do prefeito Rafael Greca”, afirmou.

A demanda pelo mutirão foi levantada em diálogo com as lideranças da Vila, como explica Valdemilson Osório de Campos, o “Tanaka”, presidente da Associação de Moradores da Vila das Torres. “A gente vem pedindo esta ação há muito tempo, porque estávamos bem abandonados, com ratos juntando na beira do rio”, explicou. “Agora a gente vai poder passar um Natal limpo e muito bonito.”