Curitiba tem alerta laranja para tempestade nesta terça-feira (30), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os ventos serão fortes, mas a chuva só deve chegar na capital no final da tarde ou no período da noite. Segundo o Simepar, a previsão mostra que a velocidade do vento pode chegar aos 80 km/h. Até o início da tarde desta terça, a maior rajada registrada foi de 63,0 km/h em Curitiba. Ainda segundo o Simepar a temperatura máxima prevista é de 22°C na capital.

LEIA AINDA – Entenda o que acontece quando é decretado lockdown

Ventania e quedas de árvores

Os fortes ventos já causam acidentes e provocam transtornos em Curitiba. Pela manhã, uma árvore de grande porte caiu na Rua Carneiro Lobo, no bairro Água Verde, bloqueando o trânsito e deixando moradores da região sem energia. A queda, causada pelos ventos fortes, foi na proximidade do cruzamento com a Avenida Silva Jardim.

No início da tarde, uma van dos Correios foi atingida pela queda de outra árvore, que caiu na esquina das ruas Desembargador Mota e Desembargador Isaías Bevilaqua, no bairro Mercês, logo após o veículo parar no local para fazer uma entrega. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

LEIA AINDA – Prazo da entrega do Imposto de Renda termina nesta terça. Saiba como declarar

Por volta das 14h, mais uma árvore caiu sobre um veículo. Desta vez foi na Avenida Presidente Kennedy, perto do cruzamento com a Rua Desembargador Westphalen, no Parolin. A árvore que foi arrancada pela raiz com a ventania, derrubou uma placa de trânsito e acertou o fiat uno de uma empresa. Os dois funcionários que haviam acabado de sair do automóvel para almoçar não se feriram.

Apenas durante a manhã desta terça, a Prefeitura de Curitiba recebeu 14 solicitações para verificação de quedas de árvore em oito endereços diferentes.

Veja as fotos dos estragos desta terça

Alerta da Defesa Civil

Por conta dos fortes ventos, a Defesa Civil de Curitiba reforça a recomendação para que as pessoas evitem sair de casa nesta terça-feira, pois a ventania deve continuar atingindo as mais diversas regiões da cidade, podendo provocar estragos e acidentes. “Nossa equipe está alerta e em constante monitoramento das condições climáticas na cidade, cruzando informações de diversos sistemas e serviços meteorológicos”, informa o coordenador da Defesa Civil, João Batista dos Santos.

VIU ESSA? Nota Paraná é retomado com R$ 25 milhões em sorteios acumulados

Ainda segundo Santos, em horários com grande incidência de ventos, o ideal é que a população não saia de casa, a pé ou dentro de um veículo. “Se a saída for de extrema necessidade, deve-se evitar estacionar o veículo ou procurar abrigo embaixo de toldos de postos de combustível e em ruas com muitas árvores grandes, para evitar transtornos com possíveis quedas”, recomenda o coordenador da Defesa Civil.

Caso uma árvore caia perto de sua casa, a orientação é entrar em contato com a prefeitura, pelo telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site www.central156.org.br ou pelo aplicativo do serviço. O atendimento é feito por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

Previsão do tempo

Após a passagem do temporal, para o restante da semana, a previsão é que o frio intenso tome conta do estado. Já na quarta-feira (1º), julho chega com céu claro e vento. A temperatura mínima em Curitiba deve bater 6°C com rajadas de vento de 58 quilômetros por hora.

Já para quinta-feira (2), no segundo dia de julho, previsão de geada em Curitiba. A mínima prevista deve chegar a 3°C nas primeiras horas da manhã. Para o fim de semana, a baixa temperatura irá permanecer, mas irá subir em relação ao frio de quinta-feira.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?