As cidades da área norte da Região Metropolitana de Curitiba passam a ser atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após a inauguração de uma nova base da unidade em Almirante Tamandaré, nesta segunda-feira (18). Segundo informações do governo do estado, além de Almirante Tamandaré, Adrianópolis, Cerro Azul, Doutor Ulysses, Itaperuçu, Rio Branco do Sul e Tunas do Paraná também passam a ser atendidas pelo Samu, o que representa uma população de cerca de 200 mil habitantes.

A nova sede terá cinco ambulâncias, sendo que dois veículos atenderão a população da área de Almirante Tamandaré e outros três ficarão em Rio Branco do Sul, Cerro Azul e Adrianópolis. O Samu Metropolitano de Curitiba, que recebe do governo estadual R$ 1,2 milhão para custeio, conta com 43 ambulâncias de suporte básico e 15 de suporte avançado, já levando em consideração as aquisições de hoje.

Com a inclusão dos sete municípios, 27 das 29 cidades da RMC passaram a contar com o serviço do Samu. “Hoje, cerca de 3,4 milhões de pessoas, que representam 98% de toda a região metropolitana, têm cobertura do Samu”, disse o secretário de Estado da Saúde, Antônio Nardi.

Segundo ele, Quatro Barras e Campina Grande do Sul, os dois que não fazem parte do Samu, já sinalizaram a intenção de participar do serviço. “Não podemos deixar uma cidade do Estado sem assistência na área da saúde”, completou.

Abertas as inscrições para o segundo semestre no Cursinho Solidário em Curitiba