A promessa é de muito policiamento no Centro de Curitiba na noite desta segunda-feira (24). Assim vai ser após uma madrugada de terror com casos de destruição do patrimônio publico e confrontos entre os vândalos e agentes da Guarda Municipal na região do Largo da Ordem. Várias lojas foram depredadas e até mesmo invadidas com os produtos sendo saqueados pelos jovens. Na madrugada de domingo (23) uma primeira onda de vandalismo já havia sido registrada do Centro Histórico da capital.

Segundo a prefeitura de Curitiba, a Guarda Municipal utilizou 20 homens com cinco viaturas com módulos no Memorial e do Palacete Wolf, no Largo da Ordem. Ao serem recebidos por pedras e garrafas de vidro, a PM foi acionada para tentar controlar a situação.

LEIA MAIS: Carnaval é o feriado que mais atrai turistas para Curitiba

Para a noite desta segunda-feira, a previsão é que ocorra o reforço da Guarda Municipal. No entanto, o número de agentes que estará de serviço não foi informado. A assessoria de imprensa da Polícia Militar também confirmou que nas ruas da cidade o efetivo será maior para evitar novos problemas.

Pessoas presas e objetos recuperados

Na manhã desta segunda-feira, um indivíduo foi preso com roupas furtadas da Loja Pernambucanas. Outros três homens foram presos por furto a uma joalheria, sendo recuperada uma caixa com 47 anéis de metal de cor amarela, três anéis de cor prata e um pingente também de cor prata, além de quatro pares de meia e uma bermuda masculina na cor azul.

Também no início desta manhã, a prefeitura de Curitiba encaminhou técnicos que já estão tomando providências para os reparos necessários nos imóveis que são de responsabilidade do município. As imagens feitas pelas câmeras de segurança serão repassadas à Polícia Civil, para investigação.