De tornozeleira?

“Não sou ladrão”, diz advogado Dalledone após sentença que o condenou a 11 anos de prisão

O advogado Cláudio Dalledone foi condenado a 11 anos de prisão. Foto: Arquivo/Tribuna do Paraná.

O advogado Claudio Dalledone Junior, condenado a 11 anos, um mês e 22 dias de reclusão em regime inicial fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, avaliou como absurda a sentença proferida na sexta-feira (05) pelo juiz Leonardo Marcelo Mounic Lago, da 1ª Vara Criminal de Paranaguá. Além de Dalledone, outras treze pessoas foram condenadas.

Em entrevista coletiva, o advogado voltou a afirmar que não teve participação em um esquema de apropriação de indenizações pagas pela Petrobras para 181 pescadores, após desastres ambientais na cidade ocorridos entre 2001 e 2004. Para o Ministério Público (MPPR), Claudio Dalledone Junior representava o grupo e teria conhecimento do golpe.

>>Relembre! Os principais casos de Claudio Dalledone

“Absurda essa sentença condenatória em meu desfavor que ainda me obriga a colocar uma tornozeleira. Vou entrar com uma ordem de habeas corpus possivelmente, ou não. Também não tenho receio de enfrentar o que a Justiça determinar, mas sou inocente. Não sou ladrão, nunca peguei dinheiro de ninguém, não preciso pegar dinheiro de pescador. Sem pé, nem cabeça essa sentença e que vai ter seus efeitos reconsiderados pelas instâncias superiores”, informou Dalledone.

De acordo com a investigação, os “cabeças” da quadrilha eram um juiz aposentado, um cartorário, um servidor público e um outro advogado. Dalledone ainda poderá recorrer em liberdade.

Vai encarar? Chácara pertinho de Curitiba proporciona esporte radical!
Vai encarar??

Vai encarar? Chácara pertinho de Curitiba proporciona esporte radical!

Como pagar menos EstaR em Curitiba? Dica pode salvar seu orçamento!
Só R$ 0,75?

Como pagar menos EstaR em Curitiba? Dica pode salvar seu orçamento!

Parque Vila Velha recebe visita de animal “com alto risco de extinção”
Transporte

Parque Vila Velha recebe visita de animal “com alto risco de extinção”

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.