A Câmara Municipal de Curitiba realiza até o dia 23 de outubro uma consulta pública para receber sugestões da população sobre quais devem ser as áreas prioritárias de investimento na cidade em 2020. As participações devem embasar os vereadores na apresentação de emendas e na votação do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA).

+ Leia mais: “Devia ter ouvido minha mãe”, diz cliente de loja assaltada no São Braz

Qualquer cidadão pode participar da consulta, que está disponível no site do Legislativo municipal (acesse neste link). O participante precisa indicar o bairro em que reside e selecionar uma área que considere a mais importante entre assistência social, cultura, educação, esporte e lazer, habitação, meio ambiente, obras, saúde, segurança e transporte.

Também é possível participar nas redes sociais, por meio dos perfis oficiais da Câmara de Curitiba no Facebook, no Twitter e no Instagram. Até o dia 18, sugestões podem ser depositadas também em urnas que estão espalhadas nas 10 administrações regionais, ou ainda nas portarias da Câmara Municipal da Praça Eufrásio Correia e da Avenida Visconde de Guarapuava.

+Leia também: Polícia na cola de envolvidos com pedofilia em bairros de Curitiba e região

Com uma previsão de receitas e despesas na ordem de R$ 9,43 bilhões, o projeto da LOA de Curitiba para 2020 chegou à Câmara Municipal na semana passada. Na versão apresentada pela prefeitura, as áreas que terão direito às maiores fatias do orçamento serão saúde, previdência social, urbanismo e educação.

No dia 30 de outubro, haverá audiência pública na Câmara para debate do projeto. Entre os dias 20 e 26 de outubro, os vereadores poderão apresentar emendas à proposta, que serão analisadas pela Comissão de Economia em 3 de dezembro para então seguir à votação em plenário pelos vereadores, nos dias 9 e 10 de dezembro.

+Leia ainda: Após ser cancelada, eleição para Conselho Tutelar em Curitiba ganha novo cronograma

A construção do projeto orçamentário ainda no âmbito do Executivo já contou com a colaboração da população, por meio do programa Fala Curitiba. Segundo a prefeitura, foram 13.032 participações, das quais 6.957 presenciais e 6.075 pela internet.

Após roubar, ameaçar e extorquir traficante, policias são presos em Curitiba e região