Uma menina de 1 ano e outra de 2 anos morreram nesta madrugada de terça-feira (8), em Rio Branco do Sul, região metropolitana de Curitiba, após o pai da mais nova, Lucas Machado, de 25 anos, atear fogo na casa da mãe das meninas e na companheira dele, Rosenilda Rodrigues, 28 anos. O incêndio foi provocado pelo homem após uma discussão do casal. Rosenilda está internada com 70% do corpo queimado no Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, em Curitiba. O estado dela é grave. Lucas Machado foi preso em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, por volta das 23h de segunda-feira (7), a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica de Lucas contra a companheira. Ao chegar ao local, as equipes não encontraram o agressor, que teria feito ameaças e afirmado que retornaria para colocar fogo na casa. Foi o que acabou ocorrendo. A casa, localizada em um morro  da Vila Madre, ficou destruída pelas chamas.

Segundo informações da vizinhança, depois que o fogo começou e passou a tomar conta da residência, a mãe que já havia saído voltou para tentar salvar as filhas. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o resgate foi dificultado pelo acesso complicado ao local. As duas crianças não resistiram e a mãe ficou em estado grave, com muitas queimaduras.