enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Treta

‘Foi um mal entendido’. Motorista que teria recusado viagem de cão-guia foi suspenso por mil dias

  • Por Eduardo Luiz Klisiewicz

O motorista de aplicativo que teria se recusado a levar uma deficiente visual com cão-guia nesta sexta-feira (9), em Curitiba, disse que tudo não passou de um mal entendido. Chateado com a repercussão do caso e preocupado com a suspensão aplicada pela empresa 99 sem que sua versão dos fatos fosse sequer ouvida, ele desabafou para a reportagem da Tribuna.

“Foi um mal entendido. Quando cheguei no local indicado, parei o carro e esperei. De repente surgiu um garoto, de uns 12 anos, com um cachorro dizendo que o bicho era grande, mas era mansinho. Eu disse para ele que não levava cachorros, que ele era muito grande. Achei que o menino ia sozinho com o cachorro. Não percebi que logo em seguida chegou a moça. Eu não sabia que era um cão guia”, disse o motorista, que preferiu não se identificar.

+ Leia mais: Após retirada de lombada acidentes se multiplicam. Prefeitura volta atrás e promete nova sinalização.

Ao perceber que a passageira era deficiente visual, segundo o motorista, ele não teve tempo de argumentar. “Ela sentou no carro e disse que eu ia levar o cachorro sim, que ela não ia sair do carro e que ia chamar a polícia. Ela foi muito mal educada, começou a ligar para um monte de parente chamando eles para ir até o local e eu fiquei com medo”, disse o motorista, que tem 43 anos, é pai de três filhos e tem um neto. “Se eu visse que ela estava com o cachorro, tudo bem. Mas eu não vi. Só vi ela e que ela era deficiente visual depois”, lamentou.

Cão-guia foi o motivo da discórdia. Foto: Colaboração/Dayane Bubalo

Cão-guia foi o motivo da discórdia. Foto: Colaboração/Dayane Bubalo

Quando se negou a levar o cachorro e o menino, sem saber da moça deficiente visual, o motorista quis apenas evitar algum incidente. “Ela podia ter chamado outro carro, mas resolver fazer isso. Se um cachorro defeca ou vomita no carro, preciso mandar lavar, pagar isso e ficar dois dias sem trabalhar. É daqui que tiro o sustento da minha família. Aliás, tirava né?”.

Suspensão e decepção

O motorista se disse inconformado com a situação, pois considera-se injustiçado. Diferente do que os representantes da 99 disseram à reportagem, ele teria sido praticamente banido da plataforma. “Eles me suspenderam até 2022, ou seja, me baniram. Eu vivo disso. Vou ter que procurar outro emprego, pois tenho que pagar o carro que financiei para trabalhar. E me baniram sem nem me ouvir, sem saber o que aconteceu”, disse. Motorista disse que tem pontuação 4.88 estrelas no aplicativo e cerca de 8 mil corridas nunca teve nenhum problema na plataforma.

+ Veja também: Paixão por carros antigos une pai e filho em Curitiba

Decepcionado, o motorista disse que não tem nem vontade de trabalhar mais para o aplicativo e só quer justiça pelo que foi feita com sua reputação de motorista. “Não tenho muito o que fazer, já que será a palavra dela e de crianças, contra um motorista de aplicativo que a sociedade já tem preconceito. Recebi apoio de muitos amigos motoristas e da minha família”, disse. Segundo ele, um parente da moça filmou toda a situação. “Se ela diz que empurrei ela, que xinguei e ameacei, que ela mostre as imagens então. Tinha um menino filmando tudo o tempo todo. Cadê as imagens?”

Empresa se posiciona

A empresa se pronunciou sobre a reclamação do motorista com seguinte nota oficial, que confirma a suspensão do motorista até o final da investigação do caso:

“A 99, plataforma que conecta motoristas autônomos a passageiros, informa que recebeu a denúncia envolvendo Dayane Rubalo e está buscando contato para lhe oferecer suporte. A empresa bloqueou preventivamente o motorista enquanto apura o caso, buscando contato com todas as partes envolvidas. A 99 esclarece que analisa os incidentes caso a caso e solicita às partes o Boletim de Ocorrência para acompanhar a denúncia enviada. Nesse ínterim, fazemos o bloqueio enquanto as autoridades investigam o caso. 

Os termos de uso do aplicativo estabelecem que motoristas parceiros não podem discriminar ou selecionar passageiros por quaisquer motivos, além de tratá-los com boa fé, profissionalismo e respeito. A empresa orienta e sensibiliza seus parceiros a atenderem passageiros com deficiência visual e seus respectivos cães guia com gentileza e respeito, conforme direito previsto em lei.

O condutor pode recorrer pelo telefone 0800-888-8999. A equipe de segurança orienta que a parte que está recorrendo faça um Boletim de Ocorrência para que a companhia possa acompanhar a denúncia enquanto as autoridades realizam a investigação. Enquanto o caso não é esclarecido, o acesso ao aplicativo fica cancelado”.

Motorista recusa corrida de deficiente visual em Curitiba por causa do cão-guia

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

50 Comentários em "‘Foi um mal entendido’. Motorista que teria recusado viagem de cão-guia foi suspenso por mil dias"


rafael  serafin
rafael serafin
10 dias 6 horas atrás

A corda sempre estoura pro lado mais fraco, ou seja, para o motorista.

Paranito PentaCampeão
Paranito PentaCampeão
11 dias 12 horas atrás

Acho estes serviços de apps mt bons, nem compara com os ladrões dos taxis cujos preços sempre são bem mais q o dobro, mas tem que ficar experto com eles também. Agora só pago em $$ pra evitar q façam qlqer cobrança sem meu consentimento por causa de motorista mala e pronto, tá 10.

Fregueses sempre chorando  Chorão
Fregueses sempre chorando Chorão
11 dias 7 horas atrás

Vc no mínimo e uber hj ando de taxi até mais barato q aplicativo tenho 30 por cento de desconto e não tenho do q reclamar,acho q o carro mais velho q andei era 2015 diferente dos apps q aceitam carros de leilão a partir do ano de 2009,não sei pra quem andava de ônibus andar com essas carroças e lucr

10 dias 10 horas atrás

preconceito puro.

Paranito PentaCampeão
Paranito PentaCampeão
11 dias 12 horas atrás

Assim, teqsiferrar mesmo pra aprender a lidar com as pessoas. Isso q eu sempre qdo. faço a chamada, mando msg. perguntando se o cara sabe o lugar, conhece onde estou e dou todas as dicas, mas tem mt. mala q se acha e não te respeita !!!

Paranito PentaCampeão
Paranito PentaCampeão
11 dias 12 horas atrás

nem saber, te cobra aquela taxa de cancelamento, sem q vc. possa argumentar. VSFD, acabei de cancelar meu cartão q tava cadastrado no Uber pra não pagar uma taxinha de 8 EUROS q tavam me cobrando pqe. oFDPdo motorista cancelou a viagem sem explicação nenhuma. Parece que tão te fazendo um favor.

Paranito PentaCampeão
Paranito PentaCampeão
11 dias 12 horas atrás

Sei não, esses motoristas também se acham, já bati boca com mais de 1 qpe. cancelam a po.ha da viagem sem explicação nenhuma, sequer te ligam pra confirmar a localização qdo não conseguem te achar e vc fica na mão duns zérruela q não querem trabalhar. Os malas cancelam a viagem, mas o app não quer

1 2 3 7
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas