Relacionamentos Abusivos é o tema do encontro promovido pelo grupo Gabriela, um projeto social curitibano de enfrentamento à violência doméstica. É dia 4 de junho, às 18h, na Av. Edgard Stelfeld, 1.255 (Jardim Social). O evento é gratuito e aberto, não havendo necessidade de fazer inscrição, mas restrito às mulheres.

Será uma palestra com jogo interativo, roda de conversas e um ritual de “detox” dos relacionamentos abusivos. Um aprendizado seguido de troca de informações e experiências. Quem ministra é a gestora do grupo Daniella Féder e a psicóloga voluntária Hemanuelle Barreto.

Apesar de o tema ser tocante e profundo, a abordagem do assunto é feita com muito bom humor. Relacionamentos abusivos têm sido amplamente discutidos hoje em dia. Não porque se tornaram mais frequentes, mas porque o tema tem vindo à tona e sido cada vez mais desmascarado. Identificar os sinais de um cenário abusivo pode salvar vidas.

Chega de violência

Somente em 2015, a Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180) realizou 749.024 atendimentos em todo o Brasil. São mais de 2 mil ligações por dia denunciando as mais escabrosas facetas da violência contra a mulher. O número é do balanço de 2016 da Secretaria de Políticas para as Mulheres.

Os relacionamentos abusivos e a violência doméstica se manifestam de diversas maneiras. Não são em todas que ocorre a violência física, mas que também é frequente. Identificar uma relação abusiva é um desafio tanto para a vítima quanto para as pessoas próximas, por isso é indispensável aprender a reconhecer os sinais.

 

Serviço:
Palestra interativa e roda de conversas sobre relacionamentos abusivos
Local: Avenida Edgard Stelfeld, 1.255 – Jardim Social
Data: 4 de junho (domingo), às 18h
Valor: Gratuito