Em Curitiba, 40.036 pessoas foram infectadas com o novo coronavírus, desde o início da pandemia, em março deste ano. A marca foi alcançada nesta quinta-feira (17), com o registro de mais 405 casos confirmados. O novo boletim epidemiológico também mostra que mais 13 mortes foram registradas na capital, que viu o total de óbitos por covid-19 e suas complicações subir para 1.169.

Entre os habitantes de cidade que foram diagnosticados com o novo vírus, 4.668 seguem na fase ativa da doença, sendo capazes de transmitir o Sars-CoV-2 para outras pessoas – número praticamente estável, em comparação com os 4.644 casos do dia anterior.

LEIA TAMBÉM – Paraná emite alerta sobre sementes vindas em encomendas misteriosas da China

Ainda segundo o informe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 34.199 pessoas já venceram a covid-19, estão sem sintomas há mais de três dias e já foram liberadas do isolamento social de 14 dias. Além delas, outros 643 pacientes que apresentam sintomas suspeitos da doença ainda aguardam os resultados dos exames, muitos deles, hospitalizados.

Novas mortes

Nove mulheres e quatro homens, com idades que variavam entre 55 e 94 anos perderam suas vidas após serem infectados e enfrentarem complicações provocadas pelo coronavírus. Deste grupo, 12 pessoas faleceram nas últimas 48 horas e um dos óbitos ocorreu no dia 13 de setembro.

LEIA TAMBÉM – Curitiba tem alerta de chuva com temporal nesta quinta e frio volta nos próximos dias

De acordo com a SMS, todas as novas vítimas tinham fator de risco para as complicações da covid-19 e estavam internadas em diferentes hospitais da cidade.

Nas UTIs

83%, essa é a atual taxa de ocupação nos 334 leitos de UTI exclusivos para covid-19 do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a prefeitura, há 57 leitos de UTI do SUS livres nos hospitais da capital, que podem receber pacientes com coronavírus ou com sintomas de síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Coronavírus no Brasil