Com mais de 10,3 mil pacientes curados de coronavírus em Curitiba, a médica infectologista da prefeitura, Marion Burger, deu um alerta para que estas pessoas sigam utilizando máscaras e fazendo os procedimentos de higiene necessários para evitar a propagação da doença. Segundo ela, estas pessoas ainda estão com seu sistema imunológico fragilizado, sem contato risco de uma nova infecção por covid-19.

Segundo boletim mais recente, além dos 10,3 mil curados, Curitiba registrou 17.328 casos confirmados de novo coronavírus e de 480 vítimas fatais da covid-19, contabilizados desde o início da pandemia, em 11 março.

+Leia mais! Pegou coronavírus? Saiba como agir sem desespero

“As pessoas já estão em casa podem voltar à sua vida de convívio, tudo dentro dentro do possível, claro, respeitando todas as normas. Mesmo quem já teve a doença precisa continuar usando máscara e continuar com a etiqueta respiratória, além do distanciamento social”, explica. Segundo a especialista, o perigo está no sistema imune destes pacientes recuperados, que está enfraquecido por causa da covid-19.

A secretária de saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, alertou para o uso correto da máscara. “Não é para andar na rua com ela no pescoço ou segurando na mão, tem muitos ainda resistindo. Saiu para a rua, põe a máscara”, ressaltou mais uma vez a secretária, que tem ganhado destaque com os “sermões” para a população. Veja aqui o que ela pensa, em uma entrevista exclusiva para a Tribuna, sobre a pandemia e o trabalho da prefeitura contra a covid-19.