A explosão do celular de um adolescente de 14 anos, em um colégio de Curitiba, serve de alerta para os usuários da telefonia móvel. O jovem aproveitava a aula de educação física, na ultima quarta-feira (14), quando foi informado pelos colegas de que uma fumaça estava saindo do bolso de sua calça. No entanto, ele não deu muita atenção, pois imaginou que se tratava de uma brincadeira. O adolescente só deu atenção quando percebeu que a perna estava ficando quente demais.

+Viu essa? Tiro de sniper mata sequestrador que mantinha reféns em ônibus no Rio de Janeiro

“Ele tentou tirar o celular do bolso, mas não conseguia abrir o zíper. Foi preciso tirar a calça para evitar o pior. O meu filho chegou a queimar as pontas dos dedos e eu o levei ao Hospital Evangélico. Foram apenas ferimentos superficiais, mas um enorme susto”, disse Lorena Loiola, mãe do adolescente.

Foto: Arquivo Pessoal.
Foto: Arquivo Pessoal.

A explosão do celular

Após retirar a calça, as pessoas próximas ao acontecimento perceberam que o celular poderia explodir a qualquer momento. E isto ocorreu minutos depois ao notarem que a chama já estava alta.

+Fique ligado! Bairros de Curitiba e Piraquara sem água! Veja a lista!

O aparelho do adolescente era um Moto G7 Power e foi adquirido em março. “Compramos no começo do ano quando foi lançado. Graças a Deus, não aconteceu isto na sala de aula, ou até mesmo embaixo do travesseiro. Serve de alerta para todos que não deixem o celular perto na hora de dormir”, ressaltou Lorena.

Foto: Arquivo Pessoal.
Foto: Arquivo Pessoal.

E aí, Motorola??

De acordo com a Motorola, a empresa entrou em contato com a família do adolescente solicitando o aparelho que apresentou problemas, para avaliar o ocorrido, e classifica qualquer tipo de diagnóstico da situação como “prematuro”. Ainda conforme a companhia, é padrão solicitar que os consumidores de produtos da marca leiam e sigam os “termos de uso contidos no manual do usuário e que eles apenas usem acessórios e equipamentos projetados, fabricados e/ou aprovados pela Motorola”.

+ Explosão de celular? Confira dicas de especialista e proteja-se!

Confira a nota na íntegra:

A Motorola tem como sua principal prioridade a segurança dos seus consumidores. A empresa reforça que todos os seus produtos são cuidadosamente projetados e fabricados com os mais altos padrões de excelência em qualidade, sendo submetidos aos testes rigorosos para oferecer ótimo desempenho para o consumidor.

A empresa entrou em contato com o cliente solicitando o produto para que sejam realizadas todas as análises técnicas e entendimento do ocorrido, qualquer tipo de diagnóstico será prematuro.

Pedimos aos nossos usuários que leiam e sigam os termos de uso contidos no manual do usuário e que eles apenas usem acessórios e equipamentos projetados, fabricados e/ou aprovados pela Motorola.

Vídeo mostra tiro de sniper que atingiu sequestrador. Assista!