O juiz Maurício Henrique Guimarães autorizou a realização de exames de sanidade mental no casal Alexandre e Sara Alvarenga, acusados de tentar matar os dois filhos, em Campinas. No dia 2 de fevereiro, após um acidente de carro, Alexandre jogou o filho de um ano contra um carro em movimento e depois, junto com a mulher, bateu a cabeça da filha de seis anos contra uma árvore. Os dois estão presos.

No último dia 26, os dois prestaram depoimento à Justiça e alegaram não se lembrar das agressões. Eles também afirmaram que não consumiram drogas, apesar de exames toxicológicos terem apontado a presença de cocaína no organismo deles.

O bebê permaneceu durante uma semana em coma no Hospital Mário Gatti, em Campinas. Aos poucos foi se recuperando, apesar de ter dificuldades de movimentar o lado direito do corpo e necessitar de sessões de fisioterapia. Ele e a irmã estão sob a guarda dos avós maternos.