Foto: Euler Junior/Estado de Minas

Serra: 51% contra 22% de Mercadante e 9% de Quércia.

O candidato do PSDB ao governo do estado, José Serra, venceria no primeiro turno as eleições de acordo com pesquisa Datafolha, divulgada ontem pela Rede Globo. Serra manteve os 51% de intenções de voto verificados na pesquisa anterior, divulgada em 22 de setembro, enquanto Aloizio Mercadante (PT) cresceu 1 ponto percentual, passando de 21% para 22%. Orestes Quércia (PMDB) ficou com 9%, ante 8% da pesquisa anterior. Carlos Apolinário (PDT) ficou com 2%, e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) e Cláudio de Mauro (PV) aparecem com 1% cada.

Em um eventual segundo turno, Serra venceria Mercadante por 59% a 31%. Brancos e nulos somaram 7%, e indecisos totalizaram 6%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O Datafolha também pesquisou a intenção de votos para senador no estado. Eduardo Suplicy obteve 40%, e Guilherme Afif Domingos (PFL) ficou com 20%. O levantamento, registrado em 23 de setembro no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo número 312906/2006, foi contratado pela Rede Globo. O Ibope entrevistou 2.033 pessoas em 66 municípios do estado entre anteontem e ontem.

Em Jaboticabal, Serra admitiu ontem ser difícil para os adversários reverterem o quadro eleitoral que dá a ele uma vitória no primeiro turno das eleições. ?O problema é dos adversários. Eu acho difícil reverter, mas a pergunta não é para mim?, disse, sobre a possibilidade de reversão no quadro eleitoral. Ele afirmou, no entanto, que não se considera eleito e que espera o resultado das urnas.

?A pesquisa é muito boa, mas eu tenho dito para todos que permaneçam mobilizados?, afirmou. Serra recusou-se a comentar a informação da Polícia Federal (PF) de que o ex-coordenador de Comunicação da campanha do candidato a governador Aloizio Mercadante (PT), da coligação Melhor pra São Paulo (PT), Hamilton Lacerda, teria sido o intermediário na entrega do pagamento da suposta compra do dossiê que tentava envolvê-lo em denúncias.