Cerca de 4 milhões de pessoas nascidas em setembro já podem fazer o saque do auxílio emergencial ou fazer transferências dos valores da nova parcela. De acordo com informações da Agência Brasil, o benefício foi liberado pela Caixa Econômica Federal nesta quinta-feira (15), para os beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família e que tiveram o dinheiro creditado na poupança social digital no dia 25 de setembro. Ao todo, R$ 2,6 bilhões foram pagos para esse público, no ciclo 2 do programa.

LEIA MAIS – Quadrilha que tinha até site para ensinar golpes é alvo da polícia em Curitiba

Com o benefício liberado, os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou nas agências do banco. A Caixa lembra que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento e que todas as pessoas que comparecerem, de segunda a sexta, das 8h às 13h, serão atendidas no mesmo dia.

Pelo app

Outra maneira de ter acesso e movimentar os recursos do auxilio emergencial é pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível fazer compras na internet e em estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo aplicativo ou nas casas lotéricas.

PREVINA-SE – PIX fará transferências bancárias em segundos a partir de novembro. Entenda!

Já para fazer o saque em dinheiro, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. Esse código permite o saque.

Calendário

O auxílio emergencial segue um calendário de pagamentos organizado em ciclos de crédito, na conta poupança social digital e de saque. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período, de acordo com o mês de nascimento. Para os beneficiários nascidos em outubro, os saques e transferências serão liberados a partir da próxima terça-feira (20).