O presidente da Viradouro, Marco Lira, foi baleado na tarde desta sexta-feira (11) em Niterói, cidade a 15 quilômetros do Rio, e passa por uma cirurgia no Hospital das Clínicas da cidade. Ainda não há notícias sobre seu estado de saúde. As primeiras informações da Polícia Militar (PM) são de que ele teria sido vítima de um roubo no centro de Niterói.

Além de presidente da agremiação niteroiense, Lira também é policial civil e presidente do diretório municipal do PTB. Ele está à frente da Viradouro há três anos, desde a morte de José Carlos Monassa, em agosto de 2005.