Marcos Lourival dos Santos invadiu ontem à noite a Faculdade de Taboão da Serra, em São Paulo. Armado com uma pistola, ele invadiu o campus e foi até a sala de aula onde Andréa Martins, sua ex-namorada, conversava com um colega Régis Carregari. Ameaçando-os com a arma, Marcos os obrigou a acompanhá-lo até um banheiro, onde disparou três tiros, que, no entanto, não atingiram ninguém. O policial militar Jair Antônio Barbosa, aluno da faculdade, desarmou Marcos, dando-lhe voz de prisão.

Andréa ficou ferida nas nádegas por estilhaços de azulejos atingidos pelos projéteis. Ela foi medicada no pronto-socorro da região e liberada. Régis saiu ileso. Marcos foi autuado em flagrante, por tentativa de homicídio, pelo delegado de plantão no 1º DP de Taboão da Serra. Ele disse que não queria matar Andréia nem o outro rapaz. Apenas assustá-los.