Foto: Arquivo/O Estado

Renan Calheiros: susto.

O helicóptero que levava o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), e o candidato do PSDB ao governo de Alagoas, Teotônio Vilella Filho, caiu ontem, às 10h30, próximo à cidade de Arapiraca, a 150 quilômetros de Maceió.

Segundo a assessoria do candidato, o helicóptero, de prefixo PT-HTN, do empresário José Pinteiro da Costa, caiu a cerca de sete metros do solo quando estava se preparando para o pouso. Todos que estavam à bordo foram atendidos em hospitais da região e passam bem.

Na aeronave estavam ainda o assessor Carlos Rodney, o deputado estadual Antônio Albuquerque (PFL) e o piloto, identificado como comandante Leiras. O piloto levantou suspeita de sabotagem porque, antes do pouso, um avião agrícola teria feito uma manobra arriscada próximo ao helicóptero.

O senador Renan Calheiros informou que vai solicitar ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, uma investigação para esclarecer a suspeita de sabotagem.