O fogo tomou conta do Parque Ecológico de Águas Claras, região administrativa de Brasília, localizada a 22 quilômetros do Palácio do Planalto. O parque, muito utilizado pelos moradores da região, está com sua vegetação completamente seca, o que acelerou a propagação do fogo iniciado por volta das 11 horas da manhã.
O fogo assustou moradores de prédios vizinhos ao parque, que registraram imagens de grandes labaredas que avançaram ao lado da calçada.

Na quinta-feira, 12, a Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil do Distrito Federal voltou a declarar estado de emergência no Distrito Federal, após dois dias consecutivos com registro de umidade relativa do ar abaixo de 12%.

“A medida foi tomada na última semana, mas após três dias com umidade acima de 20%, nesta segunda-feira (9/9) voltamos ao estado de alerta”, explicou o subsecretário do Sistema de Defesa Civil, coronel Sérgio Bezerra.

As principais recomendações do órgão são evitar a prática de atividades ao ar livre no período de 10 horas às 17 horas, aumentar a ingestão de líquidos, evitar banhos prolongados com água quente e muito sabonete, evitar o uso excessivo de ar-condicionado e usar protetor solar.

Além do estado de emergência, a Defesa Civil classifica os níveis de umidade em mais dois tipos: o estado de atenção, quando a umidade fica entre 30% e 20% por cinco dias e o de alerta, quando a umidade ficar abaixo de 20% por três dias consecutivos.